Vasco de Lima Couto, Actor, Poeta, Autor de letras, etc. na Toponímia (5)

Santa Clara 0005VASCO Luís Ferreira DE LIMA COUTO, nasceu no Porto, em 26-11-1923,  e faleceu em Lisboa, em 10-03-1980. Poeta e Actor Teatral, foi Actor do Teatro Experimental do Porto, sob a direcção de António Pedro, e radixou-se em Lisboa nos começos de sessenta, fazendo parte das Companhias do Teatro Estúdio de Lisboa e do Teatro Nacional de D. Maria II. Colaborou em jornais e revistas literárias, mas tornou-se melhor conhecido através dos seus recitais de poesia e, sobretudo, pelas letras de fados e canções que escreveu para diferentes artistas como Alexandra, Amália Rodrigues, Carlos do Carmo, Lenita Gentil, João Braga, Vasco Rafael e outros. A sua poseia, marcada por um acentuado sensualismo expressivo na linhagem poética de António Botto ou de Pedro Homem de Melo, revela-se nostálgica, sentimental e plangente nos temas do amor e da morte que percorrem muitos dos seus poemas. Deixou alguns discos gravados com os seus recitais de poesia e fados ou canções, como «Uma Andorinha Não Faz a Primavera», na voz de Carlos do Carmo, 1969.

Obras principais: Arrebol, (1943); Romance, (1947); Recado Invisível, (1949); Olhar do Silêncio, (1952); O Silêncio Quebrado, (1959); Esta Contínua Saudade, (1975); Bom Dia Meu Amor, (1975); Canto de Vida e de Morte, (1981); Deixando Discorrer os Rios: Colectânea Poética 1948-1980, (1991); Palavras de Esperança, (1995).

O seu nome faz parte da Toponímia de: Almada (Freguesia da Charneca de Caparica); Amadora (Freguesia de São Brás); Cascais (Freguesia de São Domingos de Rana); Lisboa (Freguesia de Santa Clara, ex-Freguesia da Charneca, Edital de 30-01-1987*); Loures (Freguesia de São João da Talha); Porto; Seixal (Freguesia de Fernão Ferro); Valongo (Freguesias de Ermesinde e Valongo).

Em Constância, existe  no Largo Avelar Machado, a Casa-Museu Vasco de Lima Couto, inaugurado em 1981.

Fonte: “Dicionário Cronológico de Autores Portugueses”, (Vol. V, Publicações Europa América, organizado pelo Instituto Português do Livro e das Bibliotecas, Coordenação de Ilídio Rocha, Julho de 2000, pág. 333 e 334)

Fonte: “Enciclopédia da Música em Portugal no Século XX” (Direcção de Salwa Castelo-Branco, 2º Volume, C-L, Temas e Debates, Círculo de Leitores, 1ª Edição, Fevereiro de 2010, Pág. 349)

Fonte: “Quem É Quem, Portugueses Célebres”, (Círculo de Leitores, Coordenação de Leonel de Oliveira, Edição de 2008, Pág.  175 e 176).

Advertisements

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: