Nicolau Breyner deixou-nos ontem.

 

Nicolau Breyner, sem dúvida um dos maiores Actores portugueses, da segunda metade do Século XX e princípio do Século XXI, partiu ontem. Mas, como se costuma dizer os Artistas morrem, mas fica a sua obra. Por isso a melhor maneira de o homenagear é ver e(ou) rever toda a sua obra, que é imensa.

Aqui ficam alguns dados biográficos.

 

Nicolau BreynerJoão NICOLAU de Melo BREYNER Moreira Lopes, nasceu em Serpa, a 30-07-1940, e faleceu em Lisboa, a 14-03-2016. Era filho de João Lopes (1915-1965), e de Augusta Pereira da Silva de Melo Breyner (2910-2003). Mudou-se jovem para Lisboa, onde começou por estudar Direito, com intenção de seguir uma carreira Diplomática. Desistiu rapidamente e trocou essa ambição por um sonho mais alto: o de fazer carreira Artística.

Matriculou-se no Conservatório Nacional, onde se diplomou. Antes de terminar o curso estreou-se no palco, em 1960, na peça histórica Leonor Teles, de António Lopes Ribeiro. Como profissional a sua estreia ocorreu em Bobosse, de A Roussin.

Ao longo da sua carreira tem revelado um excelente sentido do cómico desde as suas interpretações em O Tinteiro, 1961, A Idiota, 1964, e O Comprador de Horas, 1965. Atraído pelo teatro de variedades, acabou por abandonar o teatro declamado para se dedicar ao espectáculo de revista e de music-hall, onde adquiriu fama como entertainer e cantor.

Nos anos 1970 foi o lendário Sr. Contente ao lado do jovem luso-alemão Herman José, que interpretava o Sr. Feliz num número satírico que ficou na história da televisão, uma rubrica do programa País das Maravilhas, o primeiro que fez na televisão. Depois disso, viria a construir uma carreira sólida como Actor e Director de Actores.

Pioneiro em diversos produtos televisivos, foi co-autor do guião da primeira telenovela portuguesa, Vila Faia. Fundou entretanto a produtora NBP, onde foi Administrador, Produtor e Realizador, actividades que sempre acumulou com o trabalho de Actor, que nunca abandonou. Participou em dezenas de séries, novela e programas televisivos, somou quase 50 participações no cinema.

Mas o que lhe deu mais audiência terá sido sem dúvida a sua participação em telenovelas portuguesas como Actor e Director.

Em Televisão, participou, entre outras, nas seguintes séries e telenovelas: Senhor Feliz e Senhor Contente, (1975, RTP); Gente Fina é Outra Coisa, (1982, RTP); Vila Faia, (1982, RTP); Eu Show Nico, (1988, RTP); Lá em Casa Tudo Bem, (1988, RTP); Euronico, (1990, RTP); Nem o pai morre, (1990, RTP); Nico D’Obra, (1993, RTP); Reformado e ma Pago, (1996, RTP); Vidas de Sal, (1996, RTP); Uma Casa em Fanicos, (1998, RTP); Fúria DE Viver, (2002, (SIC); O Jogo, (2003, SIC); Santos da Casa, (2003, RTP); João Semana, (2004, RTP); Pedro e Inês, (2005, RTP); Aqui não há quem viva, (2006, SIC); Vingança, (2006, SIC); Resistirei, (2007, SIC); Floribella, (2007, SIC); Casos da Vida, (2008, TVI); Equador, (2008, TVI); Flor do Mar, (2008, TVI); Morangos com Açúcar, (2009, TVI); Meu Amor, (2009, TVI).

Participou nos seguintes filmes: Raça, (de Augusto Fraga, 1961; Dom Roberto, (de José Ernesto de Sousa, 1962); O Milionário, (de Perdigão Queiroga, 1962); O Parque das Ilusões, (de Perdigão Queiroga, 1963); O Elixir do Diabo, (de Thor L. Brooks, 1964); Pão, Amor e Totobola, (de Henrique Campos, 1964); A Canção da Saudade, (de Henrique Campos, 1964); The Secret of My Success, (de Andrew L. Stone, (1965); Operação Dinamite, 8de Pedro Martins, 1967); Sarilhos de Fraldas, (de Constantino Esteves, 1967); Um Campista em Apuros, (de Herlander Peyroteo, 1967); Bonança & Cia, (de Pedro Martins, 1969); O Diabo era Outro, (de Constantino Esteves, 1969); O Destino Marca e Hora, (de Henrique Campos, 1970); Derrapagem, (de Constantino Esteves, 1974); Malteses, Burgueses e às Vezes, (de Artur Semedo, 1974); O Princípio da Sabedoria, 8de António de Macedo, (1975); Die Liebesbriefe einer Portugiesischen Nonne, (de Jesus Franco, 1977); O Rei das Berlengas, (de Artur Semedo, 1978); A Vida é Bela?, (de Luís Galvão Teles, 1982); Crónica dos Bons Malandros, (de Fernando Lopes, 1984); O Barão de Altamira, (de Artur Semedo, 1986); Ladrão que rouba Anão tem cem anos de Prisão, (de Jorge Paixão da Costa, 1992); Encontros Imperfeitos, (de Jorge Marecos Duarte, 1993); O Fio do Horizonte, (de Fernando Lopes, 1993); Adeus Princesa, (de Jorge Paixão da Costa, 1994); Sostiene Pereira, (de Roberto Faenza, 1996); Jaime, (de António Pedro Vasconcelos, 1999); Inferno, (de Joaquim Leitão, 1999); Os Imortais, (de António Pedro Vasconcelos, 2003); O Outro Lado do Arco Iris, (de Gonçalo Galvão Teles, 2004); O Milagre Segundo Salomé, (de Mário Barroso, 2004); Kiss Me, (de António da Cunha Teles, 2004); O Crime do Padre Amaro, (deCarlos Coelho da Silva, 2005); Antes de Amanhã, (de Gonçalo Galvão Teles, 2007); O Mistério da Estrada de Sintra, (de Jorge Paixão da Costa, 2007); Atrás das Nuvens, (de Jorge Queiroga, 2007); Corrupção, (de João Botelho, 2007); Call Girl, (de António Pedro Vasconcelos, (2007); O Último Condenado à Morte, (de Francisco Manso, 2008); A Arte de Roubar, (de Leonel Vieira, 2008); Contrato, (de Niclau Breyner, 2009); A Bela e o Paparazzo, (de António Pedro Vasconcelos, 2009).

Recebeu ao longo da sua carreira cinematográfica, três Globos de Ouro, tendo sido considerado Melhor Actor com Kiss Me (2004), O Milagre Segundo Salomé (2004) e Os Imortais ( 2003). Foi condecorado, em 2005, pelo Presidente da República, Jorge Sampaio, com o Grau de Grande Oficial da Ordem de Mérito.

Fonte: “Quem É Quem, Portugueses Célebres”, (Círculo de Leitores, Coordenação de Leonel de Oliveira, Edição de 2008, Pág. 106)

Fonte: “Jornal Expresso”

Fonte: “Revista Caras”

Anúncios

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: