Joaquim Agostinho, se fosse vivo, faria hoje 73 anos de idade.

JOAQUIM AGOSTINHO, sem dúvida, um dos melhores ciclistas portugueses de sempre, faleceu prematuramente, quando se preparava para festejar mais um triunfo numa prova, desta vez, na Volta ao Algarve.

 

Aqui fica esta pequena homenagem ao grande Desportista que foi Joaquim Agostinho.

 

 

Joaquim AgostinhoJOAQUIM Francisco AGOSTINHO, Ciclista, nasceu em Brejenjas, Freguesia da Silveira (Torres Vedras), a 07-04-1943 e faleceu em Lisboa, a 10-05-1984. Trabalhador rural, só aos 25 anos de idade, é que se tornou Ciclista profissional. Iniciou a prática do Ciclismo em 1968, quando, pela mão de João Roque, ingressou no Sporting.

Logo na sua primeira participação na Volta a Portugal, em 1968, ficou em segundo lugar. Foi campeão nacional de fundo de 1969 a 1973 e vencedor da Volta a Portugal nos de 1970, 1971 e 1972, tendo sido desclassificado por “doping” em 1969 e 1972, anos em que triunfara nesta prova.

Foi Campeão Nacional de Fundo, consecutivamente, entre 1969 e 1973, construiu, também, uma sólida carreira internacional. O facto de ter sido contemporâneo de homens como Merckx e Hinault roubaram-lhe algum protagonismo, mas não o impediu de ser um dos melhores ciclistas mundiais dos anos 70.

Ficou em segundo lugar na Volta a Espanha, em 1974, e, em 1978 e 1979, alcançou a terceira posição na Volta a França, isto para além de numerosas vitórias e lugares cimeiros em importantes provas internacionais e nacionais. Entre 1969 e 1983 foi considerado um dos melhores ciclistas mundiais.

O triunfo que conquistou, em 1979, na etapa do Tour concluída em Alpe d’Huez (um dos locais de culto do ciclismo mundial) proporcionou-lhe uma visibilidade que raramemente teve. É que, talvez devido a um excesso de humildade, não fez valer inteiramente a classe que lhe sobrava.

O Prémio Imprensa que lhe foi atribuído, em 1971, destacou-o como o melhor desportista do ano em Portugal. A 30 de Abril de 1984, em plena Volta ao Algarve, sofreu um acidente que lhe causou a morte.

A 30 de Abril de 1984, cumpria os últimos metros de uma etapa da Volta ao Algarve quando, repentinamente, um cão atravessou a estrada. O campeoníssimo, vestido de amarfelo, não evitou a queda, uma das muitas que deu ao longo da sua carreira. Homem rijo, ainda cruzou a linha da meta.Pediu apenas para o conduzirem à Pensão. As lesões no crâneo aconselharam, no entanto, uma passagem pelo Hospital de Faro. Formou-se um coágulo sanguíneo de grande dimensão, por o osso ter afundado e provocado um derrame sobre o cérebro, causando o seu esmagamento.

Uma intervenção cirúrgica a tempo podia ter resolvido o problema, mas, devido às deficientes condições médicas do Algarve, teve de ser transportado para a Capital, de ambulância, onde foi operado dez horas depois de ter sofrido o acidente. Era tarde de mais.

O seu nome faz parte da Toponímia de: Albufeira; Almada (Freguesia da Costa de Caparica); Cascais (Freguesia de São Domingos de Rana); Castro Verde; Évora; Lisboa (Freguesia do Lumiar); Loulé (Freguesias de Almancil e Quarteira); Mangualde; Odivelas (Freguesias de Famões e Odivelas); Palmela (Freguesias de Pinhal Novo e Poceirão); Reguengos de Monsaraz; Seixal (Freguesia de Fernão Ferro); Torres Vedras (Freguesia da Silveira); Vendas Novas (Freguesia da Landeira); Vila Nova de Gaia (Freguesia de Canelas).

Fonte: “Quem É Quem, Portugueses Célebres”, (Círculo de Leitores, Coordenação de Leonel de Oliveira, Edição de 2008, Pág. 15).

Fonte: “Grande Enciclopédia do Conhecimento”, (Volume 1, Pág. 55)

Advertisements

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: