“Esquecidos da História”

Homens e Mulheres que pelos seus ideais, pela sua postura cívica e política, pelos seus combates, tiveram vínculos “obrigatórios” a Caxias, Peniche, etc.

 

 

Carlos AlmeidaCARLOS Eugénio José Baptista DE ALMEIDA, Arquitecto e Político, natural de Coimbra, nasceu a 28-03-1920 e faleceu a 26-12-2009. Arquitecto, Antifascista. Concluiu o curso de Arquitectura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, com a classificação final de 18 valores.

Foi Professor do Ensino Secundário. A sua actividade profissional foi exercida em Coimbra a partir dos anos 50 e foi autor de mais de três centenas de projectos, entre os quais os da maior parte dos edifícios e do centro comercial da Solum. É também de sua autoria o edifício Avenida, construído no local do antigo Teatro Avenida, na Av. Sá da Bandeira.

Participou nas eleições de 1961 como candidato da Oposição Democrática em Coimbra foi preso pela PIDE em 1962, um ano após as eleições em que foi candidato pela oposição democrática. Esteve preso no Aljube onde partilhou a mesma cela com o cantor José Mário Branco. Passou ainda pela Penitenciária de Lisboa, Caxias, e Peniche, tendo cumprido um total de três anos e oito meses de prisão. Teve ainda como companheiro de prisão o Médico Psiquiatra Manuel Louzã Henriques. Teve uma grande intervenção cívica tanto na vida política como na área urbanística e de ordenamento do território.

Publicou vários artigos nas revistas Vértice e Binário, no Diário de Coimbra e publicou centenas de crónicas no Trevim da Lousã, sob pseudónimo, intituladas “Postais do Zé Serrano”, que vieram a ser publicadas em livro pelo Trevim. Foi um dos fundadores, em 1979, da Cooperativa Editora e Cultural Trevim.

É autor das seguintes obras: “A cidade e o Homem”(1966), “Nos Cárceres do Fascismo” (1974), “A Urbanização Fascista e os Trabalhadores” (1974), “Portugal, Arquitectura e Sociedade” (1978) e “Cronicon Conimbrigense” (1991), “Postais do Zé Serrano” (1991), entre outras.

 Fonte: “http://memoriadecoimbra-alfaiate.blogspot.com”

Fonte: “Candidatos da Oposição à Assembleia Nacional do Estado Novo (1945-1973), Um Dicionário” (Mário Matos e Lemos, Coordenação de Luís Reis Torgal, Pág. 97, Colecção Parlamento, Edição de 2009).

Advertisements

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: