Lopes Cardoso, Engenheiro Agrónomo e Político, faleceu, faz hoje, 16 anos.

 

Lopes Cardoso, Engenheiro Agrónomo e Político, foi Deputado e Ministro, no dia em que passam 16 anos sobre a sua morte, aqui ficam alguns traços biográficos.

 

Lopes CardosoAntónio Cohen Poppe LOPES CARDOSO, Engenheiro Agrónomo e Político, nasceu em Cabo Verde, a 27-03-1933, e faleceu em Lisboa, a 09-06-2000. É descendente de uma família de políticos. Era filho do Magistrado Dr. Álvaro Eurico Lopes Cardoso e de D. Maria Júlia Cohen.

Em virtude disso cedo se dedicou à actividade política, tendo sido Presidente da primeira Comissão Inter-Associações de Estudantes, futura RIA. Apesar de estar sempre na oposição ao regime nunca chegou a integrar o MUD juvenil e participou activamente na campanha do general Humberto Delgado, figura ao qual vai ter uma forte ligação.

Participou no assalto ao quartel de Beja, passando então a ser perseguido pela PIDE, sendo obrigado a exilar-se em Paris. Em 1962 participou na primeira conferência da FPLN (Frente Patriótica de Libertação Nacional), realizada em Roma. Em 1963 é um dos fundadores do MAR (Movimento de Acção Revolucionária).

Regressou a Portugal em 1971, após ter passado pela França, Brasil e Marrocos, onde chegou a ser assessor do Ministro da Agricultura Marroquino.

Após o 25 de Abril de 1974, entrou para a direcção do PS. Fez parte do VI Governo Provisório como Ministro da Agricultura e Pescas, cargo que ocupou também no I Governo Constitucional e do qual se demitiu em 1976.

Foi um dos fundadores da Associação Fraternidade Operária que mais tarde viria a dar lugar à UEDS, partido que o elegeu para a Assembleia da República e que se dissolveu em 1986, altura em que regressou definitivamente ao PS. Nesse mesmo ano, foi eleito Vice-Presidente do Grupo Parlamentar, fazendo também parte da Comissão Nacional e do Secretariado Nacional.

Publicou vários livros respeitantes ao panorama agrícola português e ao sistema político.

O seu nome faz parte da Toponímia de: Beja.

Fonte: “Dicionário do 25 de Abril”; (Verde Fauna, Rubra Flor, de John Andrade, Editora Nova Arrancada, Sociedade Editora, S.A.. 1ª Edição, Setembro de 2002, Pág. 207).

Advertisements

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: