“Marido e Mulher, na Toponímia do mesmo Município”

 

Abel Manta e Clementina Moura, um casal de Pintores,, na Toponímia dos Municípios de Almada, Odivelas e Sintra.

 

abel-mantaABEL Abrantes MANTA, Pintor, nasceu em Gouveia, a 12-10-1888, e faleceu em Lisboa, a 10-08-1982. Foi casado com a Pintora Maria Clementina Vilas-Boas Carneiro de Moura (1898-1992) e era pai do Pintor João Abel Carneiro de Moura Abrantes Manta.

Desde muito jovem que Manta evidenciou um talento natural para a pintura. Apoiado pela Condessa de Vinhó e Almedina, também ela artista e Senhora muito culta, mudou-se para Lisboa em 1904, com o intuito de cursar na Escola de Belas-Artes, que frequentou com distinção, entre 1908 e 1915, tendo sido discípulo do naturalista Carlos Reis. Formado na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, permaneceu vários anos em Paris (1919-1926) e viajou pela Europa, demorando-se longo tempo em Itália.

Regressado a Portugal, tornou-se Professor de Desenho na Escola de Artes Decorativas António Arroio e, posteriormente começou também a leccionar, na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa.

Tem lugar de relevo entre os Pintores da primeira geração do modernismo português, com obra que se define entre a natureza-morta cezanneana e a paisagem urbana impressionista e que na maturidade se enriqueceu com notáveis retratos. Sólido na sua visão de pintor independente e sem compromissos estéticos, manteve-se à margem de vanguardismos, ensinando até 1958 na Escola de Artes Decorativas de António Arroio.

Individualmente mostrou-se apenas em duas ocasiões: em 1925, no Salão Bobone, e em 1965, na Sociedade Nacional de Belas-Artes. Obteve o Prémio Silva Porto em 1942, a 1ª Medalha em Pintura na Escola de Belas-Artes em 1949 e o 1º Prémio de Pintura na Exposição de Artes Plásticas da Fundação Calouste Gulbenkian em 1957. Está representado no Museu Nacional de Arte Moderna.

Pintou os retratos de Aquilino Ribeiro, Paiva Couceiro, Bento de Jesus Caraça, entre outros, quadros que se caracterizam pela densidade expressiva. Noutro género, as suas paisagens notáveis pela frescura da cor e pela impressão de realidade. O seu estilo é sóbrio e incisivo, utilizando um colorido vigoroso.

Foi condecorado, pelo então Presidente da República, Ramalho Eanes, com a Comenda da Ordem de Sant’Iago da Espada.

O seu nome faz parte da Toponímia de: Almada (Freguesia da Charneca de Caparica), Amadora, Cascais (Freguesia de São Domingos de Rana), Gouveia, Lisboa (Freguesia de Benfica, Edital de 16-11-1982), Loures (Freguesias de Fanhões, Loures e Santo António dos Cavaleiros), Moita (Freguesia de Alhos Vedros), Odivelas (Freguesias de Famões, Odivelas e Ramada), Oeiras, Seixal (Freguesia de Corroios), Setúbal (Azeitão), Sintra (Freguesias de Algueirão-Mem Martins e Rio de Mouro), Vila Franca de Xira (Freguesias de Alverca do Ribatejo e Póvoa de Santa Iria).

Fonte: “O Grande Livro dos Portugueses”, (Círculo de Leitores, 1990, Pág. 328)

Fonte: “Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira

Fonte: “Quem É Quem, Portugueses Célebres”, (Círculo de Leitores, Coordenação de Leonel de Oliveira, Edição de 2008, Pág. 332 e 333)

 

Maria CLEMENTINA Vilas Boas Carneiro de MOURA Manta, Pintora e Professora, natural de Lisboa, nasceu a 25-09-1898 e faleceu a 18-07-1992. Era filha de João Lopes Carneiro de Moura, casada com o Pintor Abel Manta e mãe do Pintor João Abel Manta.

Concluído em 1923 o Curso de Pintura na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, dedicou-se ao ensino em Escolas Técnicas (1924-1959).

Como pintora, é uma colorista impressiva, no estilo do seu  mestre, Columbano. Obteve o Prémio Silva Porto em 1949 e está representada no Museu Nacional de Arte Contemporânea. Em complemento do seu magistério publicou, entre outras obras: Bordados Tradicionais de Portugal, 1945, e O Desenho e as Oficinas, 1961.

O seu nome faz parte da Toponímia de: Almada (Freguesia da Charneca cde Caparica); Odivelas; Sintra (Freguesia de Rio de Mouro).

Fonte: “Quem É Quem, Portugueses Célebres”, (Círculo de Leitores, Coordenação de Leonel de Oliveira, Edição de 2008, Pág. 333)

Advertisements

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: