“Pessoas vinculadas aos CTT”

Os CTT, com este ou com outros nomes que foram tendo ao longo dos anos, tiveram, para o seu prestígio e engrandecimento, a contribuição de muitas pessoas. São essas pessoas que, dentro da medida do possível, pretendo dar a conhecer.

 

CTTLUÍS BORGES de Castro Tavares Azevedo e Melo, 14º Assistente do Correio-Mor do
Reino, em Viseu, exerceu o cargo entre 1833 e 1834,
nasceu a 22-05-1785 e faleceu em 1834. Era filho do Dr. Miguel Borges de Castro Tavares Azevedo, Juiz Dezembargador no Porto, Cavaleiro Fidalgo da Casa Real, Administrador dos vínculos de Anceriz e de Oliveira do Conde, e de D. Maria Manuela Amália Borges de Castro Lobo da Torre. Foi pai do 1º Visconde de Oliveira do Conde, Miguel Borges de Castro Tavares de Azevedo.

Bacharel em Direito pela Universidade de Coimbr, cuja formatura concluiu em 1807, desempenhou os cargos de Juiz de Fora, de 1809 a 1811 e Provedor da Comarca de Viseu em 1826, e era pessoa devotada ao governo do Rei D. Miguel I.

Tendo casado em Viseu, no Oratório da casa da noiva, na Rua da Regueira, a 13 de Fevereiro de 1820, com sua prima D. Maria Carlota Eduarda do Vale Lobo da Torre, que, como atrás vimos, recebera do Príncipe Regente D. João a mercê do Ofício de Correio Assistente para quem com ela casasse, ficava ipso facto no direito de entrar no desempenho do emprego referido.

A verdade, porém, é que, por motivos que desconhecemos, o tio de sua mulher, António Serrão Dinis, continuou a exercer o cargo, embora interinamente, até à morte, ocorrida em 30 de Dezembro de 1832.

Foi só depois disso que ele pediu e obteve da Câmara a nomeação de Assistente do Correio, a título de interino, em 05 de Janeiro de 1833, lugar em que foi confirmado por Alvará de 04 de Março seguinte.

Nessa altura informava o Corregedor de Viseu, que o Dr. Luís Borges era pessoa de sólido juízo e capacidade, possuidor e administrador de uma casa avultada, de decidida oposição a ideias inovadoras e revolucionárias e muito afecto às instituições da monarquia portuguesa e ao giverno do Senhor D. Miguel.

Para justificar a sua dedicação à causa absolutista, diziam mais tarde os seus inimigos políticos que ele mandara alistar seu filho Camilo, como Capitão, nos Voluntários de Mangualde, onde foi ferido por duas vezes, e onde acabou por morrer, em virtude de o pai o mandar regressar à sua Companhia com as feridas mal cicatrizadas.

É claro que com este curriculum vitae, logo que a causa de D. Pedro IV triunfou em todo o País, teve de abandonar o Correio e pôr-se a salvo, a 03 de Maio de 1834. A mercê de sucessão de cargos públicos de pais para filhos ou genros tornara-se anacrónica, e ele dificilmente poderia agarrar-se a esta tábua de salvação.

Não obstante, passada a época de susto, ainda por mais de uma vez aparece a candidatar-se para o lugar, e numa delas alega que nunca serviu a causa do usurpador e que até mantivera ao seu serviço como Fiel do Correio um indivíduo de sentimentos tão liberais que por tal motivo foi preso e condenado!. Refere-se ao Genézio de Araújo, a que já aludimos num dos capítulos anteriores, e que foi, afinal, um dos que mais encarniçadamente se empenhou em contestar-lhe o direito do lugar, não só pondo-lhe a descoberto o passado miguelista, mas alegando, o que não era verdade, que ele, Genézio, fora Administrador do Correio durante dezanove anos e lhe haviam tirado o lugar por motivo da sua dedicação à causa da Senhora D. Maria II! Patranha de fácil contestação, porque toda a gente em Viseu sabia que ele não passara nunca de empregado subalterno do Correio. Este mesmo Genézio era em 1847 Alferes da Companhia de Empregados Públicos de Viseu, criada para fazer respeitar a autoridade legítima, e faleceu em 1874, sendo Escrivão de Direito. Nem ele nem o seu antagonista lograram a satisfação das suas pretensões.

Bibliografia: “Assistentes do Correio-Mor do Reino em Viseu”, (por Godofredo Ferreira, Edição dos CTT, Lisboa 1960)

Anúncios

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: