“Sérgio Malpique, um Militar que se distinguiu no Desporto”

 

sergio-malpiqueSÉRGIO Augusto da Silva MALPIQUE, Militar e Desportista, natural de Almada, nasceu a 15-02-1916 e faleceu a 20-02-2002. Desportista exemplar e cidadão emérito. Foi e continuará a ser uma grande referência do desportista integro, do dirigente empenhado e do cidadão de elevadas qualidades humanas, cívicas e morais.

Foi distinto Oficial da Armada Portuguesa. Em 1936 foi Campeão de Lisboa no Lançamento do Disco em representação do Belenenses. Em representação da sua terra natal, ao serviço do União Sport Clube Almadense, foi em 1940 Campeão Nacional do Lançamento do Peso.

Integrou o Almada Atlético Clube, pela fusão do União Sport Clube Almadense e o Pedreirense Futebol Clube, destacando-se como atleta e fundador do Andebol na variante de onze. Em 1944 frequenta o curso de Treinadores de Atletismo ficando em 1º lugar. Em 1946 – 1947 Sérgio Malpique e o seu Almada são campeões da 2ª Divisão. Em 1949, 1950 e 1951 foi Campeão da Armada em Basquetebol e Voleibol. Em 08 de Dezembro de 1952, Sérgio Malpique, realiza o seu último encontro desportivo em representação e como Capitão da Equipa de Andebol do Almada Atlético Clube.

Sérgio Malpique foi um destacado atleta, um campeão, mas importa acima de tudo enaltecer a sua forma de encarar o desporto. Para si não existiam adversários, lutava para ser o melhor, mas tal como afirmava, não competia contra outros, competia com outros homens. Não era a derrota ou a vitória a questão mais importante, o que afirmava ser determinante era a prática desportiva e a saúde física e mental dos cidadãos. Como afirmam os seus companheiros do movimento associativo, do Sérgio Malpique nunca ouviram uma palavra irada ou uma atitude agressiva. E foi esta filosofia de desportista e cidadão que transmitiu a muitos e muitos jovens almadenses que com ele privaram e se aconselharam e ao movimento associativo almadense.

Sérgio Malpique foi ainda durante vários anos dirigente da Federação Portuguesa de Atletismo e Presidente do seu Conselho Técnico, tendo chefiado a equipa portuguesa que disputou em 1950 os campeonatos da Europa.

A sua acção exemplar de atleta, dirigente associativo e de cidadão foi também reconhecida pela Câmara Municipal de Almada que lhe atribuiu em 1994 a Medalha de Prata de Mérito e Dedicação.

O seu nome faz parte da Toponímia de: Almada.

Fonte: “Município de Almada – Assembleia Municipal” (Edital nº 67/VIII/2002, de 23 de Abril de 2002).

Anúncios

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: