“Lucinda Simões, uma grande Actriz, na Toponímia de Lisboa”

 

 

Lucinda SimõesLUCINDA SIMÕES, Lucinda Augusta da Silva Borges de seu verdadeiro nome, natural de Lisboa. nasceu a 17-11-1850 e faleceu a 25-05-1928. Uma das mais geniais Actrizes de todos os tempos, no Teatro Português. Adoptou o nome para Teatro de Lucinda Simões.

Era filha de um Artista de grande mérito, José Simões Nunes Borges, conhecido por Artur Simões. Apesar da vocação grande que, desde a infância sentia para o Teatro, esforçou-se este por dissuadi-la de ser Actriz, mas inutilmente.

Acabou por consentir que ela tomasse parte em récitas de amadores, não podendo mais tarde, impedir que ela ingressasse numa Companhia do Teatro Ginásio.

Neste Teatro se estreou, aos 17 anos de díade, numa peça intitulada Benvida ou a Noite de Natal, da autoria de Manuel Domingues Santos. A carreira da peça foi efémera, mas a estreia de Lucinda fez sensação.

Revelou-se logo que havia de ser mais tarde: uma grande Actriz; uma das maiores Artitsas portuguesas de todos os tempos.

As suas interpretações, realçadas pelas suas invulgares qualidades físicas, tornaram-se memoriáveis pela riqueza humana que emprestava às suas personagens. Iguais êxitos conheceu no Brasil. Em Lisboa, dirigiu uma companhia, no Teatro Ginásio, de que faziam parte a sua filha Lucília e a sua neta Julieta (que teve carreira efémera devido ao casamento), ao lado de nomes como Samwell Dinis e Amélia Rey Colaço.

Em 1922, publicou um interessantíssimo livro de Memórias; três anos antes da sua morte, devido ao seu precário estado de saúde, retirara-se do Teatro, de que ela fôra, em sua época de esplendor, uma das figuras mais gloriosas.

Era condecorada com a Comenda da Ordem de Sant’Iago.

O seu nome faz parte da Toponímia de: Barreiro (Freguesia do Lavradio), Lisboa (Freguesia de São Jorge de Arroios, Edital de 12-03-1932), Seixal (Freguesia de Fernão Ferro).

Fonte. “Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira” (Volume 29, Pág. 58, 59 e 60)

Fonte: “Quem É Quem, Portugueses Célebres”, (Círculo de Leitores, Coordenação de Leonel de Oliveira, Edição de 2008, Pág. 491).

Anúncios

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: